Arroz de Cabidela – Você já Comeu esta iguaria?

0
99

Também conhecido como Arroz de Frango ou Pica no chão!

O Arroz de Cabidela ou arroz de frango ao molho pardo ou comumente conhecido em Portugal como arroz de “Pica no chão” da região do Minho (norte do país aonde ele é famoso e muito tradicional),

Arroz de Cabidela em porção individual.

é um prato a base de arroz e ensopado de frango que ao final leva o sangue do frango e um toque muito especial de vinagre, o que confere a este prato um sabor inigualável e raro.

O melhor Arroz de Cabidela sempre é feito com galinha da terra, caipira ou de quintal, aquelas alimentadas com restos de comida ou milho.

O arroz de cabidela é bem famoso, mas muito difícil de encontrar

Servido apenas em restaurantes muito tradicionais, deve-se observar que um bom arroz de cabidela precisa ser feito com o frango da terra, aqueles criados soltos nos quintais das casas ou sítios e alimentados com restos de comidas e alguma ração caseira.

Este tipo de criação transforma a consistência da carne da ave e faz com que o sabor final dos pratos executados com eles ganhem um paladar completamente diferente dos frangos industrializados e criados com ração comum onde engordam em tempo recorde.

Em geral, são rações com um teor muito elevado de hormônio que faz o animal crescer muito rapidamente e às vezes em condições pouco dignas.

As aves ficam estressadas, comem muito a toda hora e engordam com muita facilidade gerando um alto volume de gorduras nocivas e uma carne muito macia que solta fácil dos ossos durante o cozimento.

Vinhos artesanais portugueses, vão muito bem com este prato.

O Arroz de cabidela só se come quente hein!!!

Outra peculiaridade deste delicioso e exótico prato, é que precisa ser comido quente e no exato momento da finalização do seu cozimento, pois com o tempo, além de esfriar, ele muda de consistência e vai alterando o sabor.

Com isso, o meu conselho é que pesquise bem, procure um bom e tradicional restaurante e se certifique de que todas as condições necessárias para um excelente resultado final foram cumpridas, daí é só abrir uma boa garrafa de vinho verde do Minho, pedir um bolinho de bacalhau de entrada, separar o azeite de oliva extra virgem, não esquecer da sempre inseparável cestinha de pão e “e jogar de cabeça” nesta maravilha da gastronomia portuguesa.

Uma pimentinha é muito bom para acompanhar o arroz de cabidela.

Ha! Uma boa dica para um toque ainda mais especial neste seu prato de arroz de cabidela, é pedir um saboroso molho de pimenta feito na hora com piri-piri, pois  para quem aprecia o paladar picante, descobrirá a verdadeira alquimia dos sabores.

Tenha em mente que quando falamos de restaurantes tradicionais, queremos dizer aqueles fiéis aos costumes e à cultura milenar deste lindo país onde sua gastronomia se mantem intocável há vários séculos.

Bom apetite e nos contem o que acharam dessa descoberta ok???

Dica final: Mas se ficar aí babando com esta delícia e for daqueles(as) que gostam de cozinhar, podem nos pedir a receita original aí nos comentários que nós enviaremos com o maior prazer.

Agora, para piorar muito a sua fome e/ou vontade de cozinhar, não deixe de conhecer nosso post sobre o poder do bacalhau, vocês irão encontrar dicas maravilhosas sobre esta majestade que reina soberano em todo o país lusitano.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here