Nosso estilo de vida minimalista

0
42

Quem somos e nosso estilo de vida minimalista!

Estilo de vida minimalista é uma definição recente, bastante relativa e que pode ser entendida de maneiras diferentes a depender do ponto de vista de cada pessoa, mas jamais perderá seu significado e intenção original que é livrar-se do que está sobrando, pesando e em excesso na vida prática, material ou de valores humanos.

Somos uma família de 3 pessoas e o nosso mascote, um cachorrinho Shi tzu que amamos muito e que já nos acompanha há mais de 12 anos.

Temos mais de 50 anos e uma filha com 23 anos que nos ajuda muito e sempre que pode está conosco, já que estuda e não consegue estar viajando constantemente.

Ter um mascote desses é o único amor verdadeiro que você consegue comprar. Cachorro é tudo de bom!
Ter um mascote desses é o único amor verdadeiro que você consegue comprar. Cachorro é tudo de bom!

Um dia resolvemos fazer um balanço da nossa vida e trajetória, algo que muita gente faz, porém, no nosso caso foi algo que decidimos fazer de forma mais profunda e contundente.

Reavaliamos tudo e colocamos numa “balança” para medirmos o real peso e importância de tudo que nos rodeava e adornava o nosso cotidiano.

Pesamos e analisamos tudo: carros, casas, rotina, hábitos comuns e também os tidos como necessários e imprescindíveis como alimentação, saúde física e mental, amizades, parentes, trabalho, desejos, conquistas etc, etc, etc…

Muitas vezes o que importa é apenas ter um veículo que nos leve e nos traga em segurança. Apenas um transporte, sem a necessidade de revelar absolutamente nada sobre nossa condição socioeconômica.
Muitas vezes o que importa é apenas ter um veículo que nos leve e nos traga em segurança. Apenas um transporte, sem a necessidade de revelar absolutamente nada sobre nossa condição socioeconômica.

Realidade exposta e atestada!

Não é fácil olharmos para dentro de nós mesmos e nos confrontarmos com nossas manias, derrotas, arrependimentos e por que não, alguns acertos e vitórias, já que na vida não perdemos ou erramos sempre neh?

Sabe quando você sente que seu estilo de vida esta na direção errada e se move com determinação de realmente tentar entender o que representa a sua vida e sua família?

Procura buscar todas as opções possíveis para mudar o rumo da vida, tentar algo novo e que você jamais tenha tentado antes, aquilo que muitas vezes quase todos ao seu redor lhe desencorajam?

Pra nós, não existe nada mais prazeroso do que tomar um café “passado” na hora e na companhia de amigos ou apenas das pessoas que amamos.

Acho que muitos de vocês também já passaram por isso ou até mesmo passam, isso é mais comum do que imaginamos, pois a maioria esmagadora das pessoas normais tem muito medo em realizar mudanças radicais, preferem o conforto ilusório de estarem fazendo parte de um grupo ou comunidade que lhe aceita como você é, mas não consegue perceber como você está com tudo isso, mesmo assim, seguimos vazios e em muitos casos profundamente infelizes, amargurados e deprimidos.

É necessário um momento para refletirmos e questionarmos se estamos na direção certa.

Em um dado momento, nos reunimos em família e decidimos questionar nosso próprio estilo de vida.

O combinado era colocar todos os nossos “monstros” para fora, conversarmos seriamente sobre o assunto e expormos francamente o grau de insatisfação ou inquietude de cada um por vivermos aprisionados numa estrutura trivial, previsível, que sempre primava pelo ter e dava prioridade a hábitos fúteis e sem perspectiva significativa de evolução pessoal.

Tudo que hoje é real, nasceu do sonho de alguém que o fez virar realidade.

Quando adquirimos o nosso estilo de vida minimalista!

Concordamos unanimemente que era a hora de mudarmos nosso estilo de vida, pois sabíamos que nada disso teria condições de nos fazer felizes e decidimos que daquele momento em diante iríamos mudar radicalmente de direção sem importar o custo pessoal ou social que esta decisão poderia nos trazer.

Tínhamos consciência de que já estávamos pagando um custo pessoal muito acentuado por vivermos dentro de um tipo de estrutura social que há muito não conseguia nos fazer pessoas mais felizes.

Com esta determinação, iniciamos o que na época chamamos de “período de desmame” onde passaríamos a viajar em busca de lugares interessantes, seguros, bonitos e econômicos que pudéssemos viver por um período maior de tempo e sem a necessidade de sermos turistas comuns.

Início do primeiro período sabático!

Raramente ficamos em hotéis pois gostamos de entender a vida local, procuramos sempre alugar um pequeno flat ou apartamento que tenha cozinha para que nele possamos ficar bastante tempo na cidade.

Em geral não buscamos lugares turísticos, sempre procuramos um bom bairro residencial e com boas ligações de transportes públicos.

Para nós não importa o tamanho da cidade, nem se tem shopping centers, grandes teatros ou cinemas, buscamos paz, segurança, beleza e boa gastronomia.

Existem muitas coisas boas no mundo a serem descobertas, aventurem-se!!!

Quando não achamos um apartamento ou flat privativo e com um excelente preço, (sempre procuramos e negociamos muito, já que são no mínimo 30 noites de estadia né?) gostamos de ficar em casas ou apartamentos compartilhados, pois temos toda a estrutura do lugar à nossa disposição e já aproveitamos para conhecer os proprietários, a cidade e a cultura local de dentro para fora já que invariavelmente fazemos muitas amizades e somos bem aceitos em toda parte que chegamos.

Vivendo no período sabático!

Este período inicial funcionou como um ano sabático pra nós, ficamos 6 (seis) meses em um país, 3 (três) meses em outro e retornamos ao Brasil.

Depois mudamos de continente e viajamos por mais 6 (seis) meses fazendo mais uns 4 países e retornamos ao Brasil, afinal nossa filha estava estudando e não podia estar conosco.

Fomos muitas vezes em uma mesma cidade ou país, pois quando gostamos de um lugar e dos amigos que lá fazemos, é um grande prazer retornar, rever os amigos e curtir aquela atmosfera novamente.

O futuro é apenas uma promessa, não significa que conseguiremos cumprir. Portanto, o hoje é o presente que Deus lhe deu. APROVEITE E SEJA FELIZ!!!

Para finalizar esta etapa e dar a vocês uma noção sobre como tudo começou e os motivos de termos este nosso estilo de vida minimalista atualmente, é importante dizer que já estamos vivendo assim há mais de 7 anos, atualmente estamos viajando há quase 1 (hum) ano e meio, o que praticamente nos obrigou a reduzirmos nossa vida a 2 malas que nos acompanham e são nossas “amigas inseparáveis”.

Aprendemos que quanto mais viajamos ganhando conhecimento e fazendo novos amigos multiculturais, menos sentimos falta de coisas e adereços que outrora eram tidos como “imprescindíveis” em nossas vidas e podemos lhes assegurar que jamais tivemos, passamos ou saboreamos uma sensação tão boa de estarmos tão leves, em paz e felizes como hoje em dia, mesmo que materialmente tenhamos muito menos do que tínhamos.

Reflexão e crescimento pessoal

Essa conjuntura de situações e constatações foi que o que nos levou a refletir cada dia mais sobre nossas vidas, nossa família e nossos objetivos em conjunto, porque é fundamental que saibamos todos juntos para aonde queremos ir nesta trajetória, não podemos aceitar ficarmos rodando em círculos sem o efetivo crescimento como seres humanos.

Sentimos que evoluímos muito e encontramos tempo para fazermos muitas coisas que nossa vida comum nunca nos permitiu que fizéssemos devido ao excesso de trabalho na busca de um padrão de vida material que na verdade nunca precisamos ter para sermos realmente felizes. Hoje, com esse nosso estilo de vida minimalista podemos fazer aulas de idiomas; aulas de violão; cursos de fotografia; gastronomia; design gráfico entre outros, tudo via internet, o que não nos prende a lugar algum.

O que importa não é a idade que você tem ou momento de vida em que está, o importante é ter tempo livre, boa saúde e cabeça aberta. Haaa!!! Uma “dosezinha” de coragem também ajuda muito!!! kkkk

Por onde passamos seja Europa, Ásia, América do Sul, etc, ficamos surpresos com a quantidade de pessoas que se entusiasmam e ao mesmo tempo se impressionam com o nosso estilo de vida minimalista e sempre somos encorajados a colocar as nossas experiências de vida e de viajantes a serviço de quem se interesse em descobrir a grande escola que o mundo sempre será para qualquer um.

Fomos tantas vezes motivados a fazermos este site que resolvemos dar início a este projeto com a pretensão de compartilhar nossas experiências e registrar esta nova fase da história de nossas vidas como um diário virtual, só que público.

Os verdadeiros amigos não tem idade, nacionalidade e nem gênero, como também, continuam amigos independente da distancia.

Nascimento do Site

Como dissemos, este site tem o proposito de registrar, guardar e compartilhar nossas histórias e lembranças de nossas andanças pelo mundo.

Somos praticantes de uma vida simples e gostamos muito de paz, tranquilidade e de locais que nos ofereçam muita história e segurança.

Ao contrario de muitos viajantes e blogueiros, nossas viagens são bem diferentes, pois não primamos pela quantidade de destinos a serem explorados, e por tanto, não somos obrigados a fazê-los com muita rapidez e enfoque nos pontos mais famosos e principais de cada cidade.

Se misturar no meio dos moradores locais e viver exatamente como eles vivem, passam seu tempo livre com a família, os pratos mais pedidos nos bares e restaurantes. Isso pra nós é de fundamental importância.

Somos amantes do crescimento pessoal através do conhecimento adquirido pelo mundo, fazemos viagens de imersão na cultura local.

É é muito raro ficarmos menos de 30 dias em uma cidade, já que nosso objetivo principal é viver exatamente como eles, como um cidadão local.

Não importa como e quando, mas é muito importante pra nós conhecer pessoas locais que acreditem em nós e nos abram suas portas para um conhecimento de hábitos e cultura mais profundo.

Essa prática já nos rendeu muitos amigos verdadeiros que inclusive frequentam nossa casa, não só no Brasil, mas também em qualquer casa que estivermos morando ao redor do mundo, pois alguns deles fazem questão de nos acompanhar em destinos que os agradem e são sempre muito bem vindos e acolhidos por nós.

Amigos inseparáveis.

Porque somos diferentes.

Viajando desta maneira podemos conhecer as entranhas de cada destino, desde restaurantes tradicionais e badalados, até os botequins e bares mais simples e populares do lugar; de pontos turísticos consagrados aos lugares aonde os seus moradores realmente frequentam e se divertem em seu dia-a-dia; as melhores e mais populares sobremesas e pratos da gastronomia local consumidos por eles e que nem sempre são os mais famosos.

Aqui iremos mostrar sempre o melhor de cada destino, só que sob a nossa ótica, já que nossa experiência sempre nos deixa claro que o melhor não é necessariamente o mais famoso ou o mais caro.

Temos na simplicidade a fonte de inspiração para maiores e melhores desafios.

Entre nós chamamos isso de “LADO B” das cidades, pois, normalmente eles nunca são mostrados, mas em geral são os melhores lugares, os mais econômicos e interessantes, são pontos que falam muito sobre a cultura e os hábitos de cada cidade.

Como podem perceber, nosso estilo de vida minimalista nos dá um perfil de vida que faz com que sejamos mais discretos e menos susceptíveis à exposições, já que nosso objetivo é apenas compartilhar dicas e experiências por entendermos que o estilo de vida que levamos poderá servir de parâmetro para muitas outras pessoas com perfil semelhante.

Como dissemos anteriormente, esse site nasceu da insistência de muitos em tornarmos público nossas experiências, já que fazemos um tipo de viagem muito diferente ao comportamento do mercado neste segmento.

A gastronomia local e cotidiana das cidades que vivemos é seguramente um dos pontos altos das nossas descobertas, pois existem comidas tão típicas, que não são comercializadas nos restaurantes, elas são preparadas exclusivamente nos lares, para as famílias. Portanto, você só conhecerá se realmente conseguir viver no meio deles. Isso faz muita diferença.

Isso explica com uma certa clareza o motivo de não postarmos nada onde nós estaremos presentes na cena, nem tampouco desejamos perder esta privacidade que tanto nos agrada e faz parte do nosso perfil, mas não seria justo deixarmos de partilhar descobertas tão interessantes com outras pessoas que buscam e muitas vezes não encontram com a riqueza de detalhes que temos condições de fazer e explicar.

No final de tudo, o que vale é se você esta ou não evoluindo como ser humano. A busca tem sempre que ser esta, nada mais poderá estar à frente disso.

Aqui falamos exclusivamente de viagens diferentes, descobertas gastronômicas e de estilo de vida minimalista, sendo este ultimo composto por artigos voltados à nossa maneira de ver a vida e dicas que descobrirmos ao longo da nossa jornada.

Não temos nenhuma pretensão de que todos concordem conosco, afinal de contas, só se cresce na divergência e também gostamos muito de um debate saudável e edificante.

Portanto, se tiverem dúvidas sobre qualquer artigo ou descordem, não hesitem em nos escrever, teremos sempre um imenso prazer em explicar e responder.

Grande abraço a todos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here