ROVINJ – Um dos paraísos desconhecidos da Croácia.

Localizada na Região da Istria, Rovinj é um paraíso escondido na Croácia. Pouco conhecida pela maioria dos viajantes tradicionais, esta linda e muito bem servida ilha possui águas transparentes e agradáveis no verão.

0
26

A Croácia sempre foi e sempre será um dos destinos listados a conhecer por qualquer turista do mundo, é um país muito bem localizado geograficamente, cheio de ilhas e com uma cultura rica e muito curiosa.
Mas, sempre que se fala deste lindo país ouvimos falar em destinos mundialmente consagrados como: Dubrovinik, Zadaar, Zagreb, Split etc, mas nunca tínhamos escutado falar de ROVINJ. Não discuto a beleza incontestável de todos esses outro lugares, a Croácia é realmente um país vocacionado ao turismo, suas ilhas e belezas naturais são de tirar o fôlego, mas ao chegar em Rovinj ficamos realmente impressionados.
Tomamos conhecimento deste destino quando estávamos na Eslovênia, precisamente andando pelo centro da cidade de Postojna, como há saídas diárias de ônibus que fazem uma fácil conexão para Rovinj desde aí, as agencias de viagens locais fazem muita publicidade e a curiosidade nos afetou em cheio.

Importante: Na rodoviária de Postojna ha 2 empresas que fazem este trajeto, porem, somente uma é diária e a outra faz em dias alternados, o trajeto todo leva umas 5hs, mas é bem tranquilo.

Nos dirigimos à Rodoviaria de Postojna e tomamos todas as informações sobre como chegar até Rovinj, infelizmente, devido ao adiantado da hora o único ônibus diário que faz este trajeto ja tinha saído, então dormimos mais uma noite na cidade e no outro dia partimos para esta adorável aventura.

DICA PRECIOSA: Para quem for a Postojna, sugiro que explore bastante a maior caverna do mundo, a POSTOJNSKA JAMA, é realmente algo fora do normal, impressionante e com uma historia riquíssima. RECOMENDAMOS!!!


Agora pasmem!!!
É muito fácil chegar a Rovinj, é bem conectada por avião, barco, carro ou ônibus, tanto via Pula, como através da cidade de Rijeka.
Isso nos deixa ainda mais surpresos e sem entender como que um lugar tão bonito, um verdadeiro paraíso Balcânico, pode ser tão pouco conhecido do grande público, alias, uma brincadeira à parte, Rovinj foi até hoje o único lugar que conhecemos em todas as nossas andanças pelo mundo que não possui um restaurante Chinês…..Incrível não é?????? Porque os chineses estão em toda parte, eles se multiplicam, realmente são grandes colonizadores mundiais e nós adoramos a comida chinesa!!! (risos)

Parte histórica de Rovinj com sua imponente torre em estilo veneziano indicando o ponto mais alto desta charmosa cidade, aonde também está a Catedral Santa Eufêmia.
Umas das praias do mar adriático de Rovinj , águas sempre cristalinas.

Caminhando pela ilha você encontrará muitos restaurantes, bares, pizzarias, cafés e sorveterias. Em suas ruas estreitas descobrirá uma variedade enorme de lugares charmosos para tomar um drink e observar o pôr do sol ou mesmo apenas jogar conversa fora enquanto desfruta da belíssima paisagem. É realmente sensacional as vistas que se podem apreciar e fotografar dos diversos pontos desta linda cidade histórica e medieval que antes era apenas uma pequena ilha e posteriormente fora ligada ao continente, mas que por anos esteve envolvida em batalhas e muitas dominações.

Beira mar, onde ficam a maioria dos bares e restaurantes.

Contando um pouco da história desta região apenas para dar uma explicação sobre sua origem e influencias, Rovinj, juntamente com a península de Ístria, ficou por muitos anos sob a dominação Romana e entre guerras e batalhas territoriais com bizantinos, godos, austríacos e juguslavos. Por volta do Século XIII passou para o domínio da Republica de Veneza onde alcançou seu auge e grande parte da sua influencia arquitetônica. Minha intenção em dar destaque apenas a este período é porque foi nesta época que Rovinj mais cresceu e prosperou, também foi neste período e sob esta dominação que ela foi fortificada e muitas construções importantes foram erguidas e que até hoje servem como prova desta época de ouro desta ilha.

Rovinj é muito colorida, tem muitas ladeiras, ruas bem estreitas e seu casaril histórico é muito bem preservado. Caminhar por aí é um colírio para os olhos, sua atmosfera é alegre e leve, com muitas demonstrações culturais em diversas partes do seu centro histórico. É um ambiente lindo, com sol então…Nem se fala!!!!!
Existem muitos passeios náuticos inclusive de submarino, isso mesmo, uma pequena embarcação subaquática com as laterais e piso de vidro muto grosso e seguro que navega meio submerso pela região, possibilitando a seus passageiros uma visão singular da vida marinha do adriático.

Há também várias possibilidades de visitar outras ilhas e outras cidades próximas, tanto de lanchas privadas para locação ou em grupos, barcos de passeios, carro, ônibus de linha regular ou com uma das muitas agencias de turismo que existem na cidade.

Devido a sua tradição na área da pesca, os frutos do mar são sempre mais enaltecidos na maioria dos restaurantes, como também pratos com trufas e vinhos locais.
Mas não esqueçamos a grande influencia Italiana que Rovinj obteve por anos, e sendo assim, as pizzas e as massas tem também seu lugar de muito destaque e sugiro que não deixem de conhecer este, digamos que, lado Italiano de Rovinj.

Apesar da nossa pretensão principal ser a de despertar a curiosidade dos nossos seguidores por destinos raros e muitas vezes “injustiçados” (Desejamos com isso gerar a partir daí uma busca mais detalhada por informações mais pontuais e de interesse de cada um sobre o destino aqui comentado), contudo, vou deixar escapar uma sugestão de gosto muito pessoal que acho de fundamental importância compartilhar.

É nosso costume eleger na gastronomia de cada destino que conhecemos o TOP 5 das iguarias locais ou regionais.
Em Rovinj existem muitos bons restaurantes e algumas churrascarias também, mas que em geral ficam um pouco afastadas do centro turístico, é bom pesquisar e conferir. Esses restaurantes são mais frequentados pelos moradores da ilha, com pouco acesso aos turistas que, via de regra, passam pouco tempo e obviamente usam esse escasso período para conhecer os pontos mais importantes e famosos do local.
Como nossa estadia foi de longa duração, pudemos sair do eixo central e conhecer um pouco melhor toda a redondeza e foi assim que conhecemos 3 (três) pratos que ninguém jamais deveria deixar de provar:

Segue o link do melhor restaurante de Porchetta de Rovinj. http://www.tugurio.hr/

1 – PORCHETTA (Porquêta assada no rolete) – Um porco inteiro pendurado em um rolete manual  e assado em brasa. Isso desmancha na boca, é simplesmente sensacional.
2 – CEVAPCICI – (Cevápitite) – Parece muito com Káfta libanesa, mas não é. Trata-se de uma mistura de carne de porco e vitela com um tempero muito diferente de ervas que só eles sabem fazer.

CEVAPCICI!!!

É assado na brasa do carvão com sabor e consistência inigualáveis, tem muita influencia Servia e Eslovena também, pura culinária Balcânica. Se joguem e experimentem, é muito bom!

3 – PLESCAVITSA – (Plescavítiça) – Parece um um hambúrguer gigante, mas também não é, não cometam este erro de rotular esta iguaria apenas pela aparência.

Plescavitsa, isso é muiiiito boomm!!!

Ela é feita com um excelente pedaço de carne de porco e também é misturado com carne de vitela, mas o grande segredo esta na quantidade acentuada de cebola moída e ervas regionais, a espessura também faz a grande diferença no processo de assar na brasa, pois, ela fica muito suculenta e é saborosíssima.
Não deixem de pedir o acompanhamento principal para esta iguaria, que também é um excelente realce de sabor: O KAYMAK, um creme feito de natas e temperado ao estilo dos “Balkans”, funciona como um patê gelado que derrete em cima dos assados e sobretudo na Plescavitsa. Quando o kaymak derrete nesta delícia recém saída da brasa e ainda suculenta…Meu Deus do céu, a vontade que dá é de comer de joelhos!!! (Risos)
P.S. Desculpe-me pela empolgação, mas não consegui me conter lembrando do dia que fomos convidados pelos nossos amigos Sérvios para comer um churrasco desses no quintal da casa deles tomando vinhos artesanais, confesso que foi um momento mágico em nossas vidas. “fantastičan!!!” (Em Croata) Risos

Algo que me surpreendeu muito positivamente, foi descobrir que em Rovinj os vinhos são um detalhe a parte, pois é uma tradição local produzirem seus próprios vinhos caseiros. Há meio que uma “competição velada” para ver quem consegue atingir a melhor qualidade e sabor nesta fabricação artesanal. É muito comum vermos os locais comprarem vinhos em garrafas Pets de refrigerante recicladas, tanto vinhos tintos como vinhos brancos, e, confesso, durante todo o tempo que ficamos por lá só tomamos destes vinhos artesanais, nada de comprar vinhos rotulados, não iriamos cometer esta falha e perder a grata oportunidade de desfrutar deste habito cultural junto com os locais.

Conhecemos varias pessoas que produziam esses vinhos em suas casas, mas as diferenças eram enormes de um vinho para outro.
Por sorte nos últimos dias da nossa passagem por lá conseguimos acertar em um que efetivamente agradou nosso paladar e virou nosso “vinho xodó”. Vale muito a pena buscar esses vinhos e testar esse produto artesanal e genuíno do qual os croatas desta região tanto se orgulham em produzir, afinal, viajar é isso não é? Buscar novas experiencias e conhecer hábitos e culturas diferentes da nossa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here