Você conhece Caminha em Portugal? Muito além de Porto e Lisboa.

0
52

Caminha é um dos lugares mais lindos do país Lusitano

Quando dissemos para alguns amigos portugueses que iriamos passar dois meses na vila de Caminha em Portugal, a pergunta era unânime: O que vocês farão lá por tanto tempo?

A verdade é que também não sabíamos, mas estávamos loucos para descobrir desde o dia em que fomos visitar esta Vila em um passeio de um dia e desejamos voltar para ficar.

A vila é 100% calçada e com ruas estreitas, mas de um charme e uma naturalidade que encanta qualquer um.

Vila portuguesa, fundada em 1284

Caminha em Portugal na verdade é uma linda e singular Vila portuguesa, fundada em 1284, que pertence ao Conselho de Viana do Castelo, ao norte de Portugal, na maravilhosa região do Minho, berço do famoso Vinho verde.

O acesso é fácil através de comboios (trens) que partem de várias cidades de Portugal.

Para quem está no Porto por exemplo, é questão de 1 hora e 40 min saindo das 06 da manhã às 20 horas, quase que de hora em hora, com retorno em diversos horários a partir das 06 da manhã e com último horário às 19 horas, mas você pode conferir no www.cp.pt  pois os horários e preços podem variar.

A paisagem do rio Minho é deslumbrante. O incrível é você constatar que com o rio cheio a beleza é bem diferente de quando o rio esta vazio. São duas sensações e belezas completamente diferentes.

De Caminha em Portugal vê-se a Espanha na outra margem do Rio Minho

Logo que chegamos, ficamos encantados com a paisagem da orla fluvial do rio Minho e a sua foz que liga Portugal a Espanha, e de onde se tem uma linda vista para a o monte Santa Tecla, situado já no lado espanhol.

Ficamos hospedados em um apartamento na primeira faixa da orla, onde o ponto alto era um pôr do sol dos mais lindos que já pudemos apreciar e a paisagem do Rio Minho que se transformava completamente após o movimento das mares.

Era um outro cenário quando o rio secava, pois, a água praticamente desaparecia deixando totalmente a mostra um caminho onde tínhamos a impressão de ser possível atravessar a pé para a cidade de Guarda na Galícia, situada exatamente na outra margem do rio.

Rio Minho e monte Santa Tecla vistos da parte alta da vila.

Alta gastronomia com preços acessíveis

Outro encanto da Vila de Caminha em Portugal, é o ar medieval das ruas do centro em calçamento de pedra que mantém a originalidade do lugar.

Restaurante Muralha de Caminha – The Best!

Ainda no mês de outubro tivemos lindos dias de sol que deixavam o lugar colorido e convidativo para boas caminhadas na orla, e, quando chegava à noite, cada dia nos surpreendíamos com a qualidade dos restaurantes existentes no lugar, que além de muito boa comida possuíam ambiente extremamente agradável, alguns exibiam até certo requinte, o que dava a Caminha opção gastronômica para todo gosto.

Vista do Monte Santa Tecla que fica do outro lado da margem do Rio Minho, já na Espanha. O Restaurante Muralha de Caminha, além do requinte a preço justo, possui essa linda vista.

Foi em Caminha que comemos o melhor bacalhau Lagareiro no restaurante Muralha de Caminha (sugiro fazer reserva 258728199), um lugar onde o atendimento é excepcional, o ambiente de primeira classe e você não paga mais caro por isto, pois a maioria dos pratos serve duas pessoas e alguns, como este bacalhau por exemplo, a depender de quem compartilhe pode ser suficiente até para três pessoas a um preço de 23.50 Euros.

Seguramente este é o melhor Bacalhau Lagareiro que já comemos em Portugal.

Todas as vezes em que fomos lá estava sempre muito movimentado, daí a sugestão para reserva. Para algo rápido e barato no almoço, você pode experimentar uma boa comida caseira na Cova de Onça (fica na praça principal), onde sempre há opções diárias que incluem sopa, pão, prato principal e vinho por apenas 5 Euros.

Essas ruas estreitas e este ar medieval conferem a Caminha uma atmosfera de paz e muita leveza. Parar em um dos seus muitos cafés e apreciar o ritmo local é uma atração diferenciada e que merece ser experimentada.

A feirinha de Caminha em Portugal é um atrativo à parte!

Às quartas feiras é impossível perder a feirinha local, pois mesmo quem não se interesse por comprar frutas e verduras não deve perder a oportunidade de conhecer os embutidos artesanais (chouriços, presuntos, bacon, salames, queijos, etc) feitos nas aldeias da redondeza que são simplesmente deliciosos.

Na feira de Caminha você encontra muitos produtos orgânicos e produzidos por essas simpáticas senhoras que vivem nas aldeias da redondeza e escoam sua produção caseira na feira.

Existe uma área dedicada a roupas e calçados de boa qualidade e preços em conta.

 

Os embutidos caseiros de Portugal são inigualáveis, é necessário provar e sentir o sabor de um processo artesanal de defumação, onde além da matéria prima de origem orgânica, as cinzas das lareiras das casas nas aldeias fazem com que se sinta no paladar esta rica experiência de um produto defumado naturalmente.

Quando o frio aos poucos foi chegando, com ele vieram algumas noites onde a névoa dava ao lugar de características medievais, uma atmosfera cinematográfica, e, como não abríamos mão de caminhar, isto transformava o retorno para casa numa experiência de cenário de um filme antigo onde me sentia transportada para outra época.

O que fomos fazer em Caminha? Paz e assistir o espetáculo da natureza.

Por todos esses aspectos peculiares e também por sua calma e tranquilidade em simplesmente assistir a vida acontecer de maneira simples sem perder a qualidade e atrativos é que hoje temos resposta para a pergunta de tempos atrás: o que fomos fazer na Vila de Caminha em Portugal?

Simples, desfrutar da paz de cada dia que vinha recheado de beleza natural e construída, ambas em perfeita harmonia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here